Transferência de veículos vendidos para concessionária fica mais fácil

Início » Transferência de veículos vendidos para concessionária fica mais fácil

Transferência de veículos vendidos para concessionária fica mais fácil

A partir de maio entra em vigor o Renave – sistema que agiliza a transferência de veículos para concessionárias

Google

Google


Segundo o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), a partir de maio, entra em vigor o Renave –  Registro Nacional de Veículos em Estoque – que agiliza a transferência de veículos vendidos para lojas. O novo sistema permite que a concessionária se torne responsável pelo veículo assim que ele é deixado na loja.
Como funciona?
Ao vender um veículo, o antigo proprietário irá assinar o CRV (Certificado de Registro do Veículo) e a loja passa a ser obrigada a emitir uma nota fiscal de entrada do veículo. A partir daí, o produto passa automaticamente para o nome (CNPJ) da loja, como veículo em estoque, e o antigo dono fica livre de multas ou débitos que sejam aplicados após a venda.
Assim que a loja emitir a nota fiscal de entrada, o veículo estará registrado no Renave com status de “em estoque”.
Faça sua transferência
O que muda para quem compra um veículo de loja?
O processo fica mais simples: o comprador só precisa apresentar o CRV e a nota fiscal de compra ao DETRAN para realizar a transferência para o seu nome.
Se você ainda tem dúvidas sobre transferências, acesse aqui.

2017-03-22T18:36:59+00:00 março 22nd, 2017|Transferência de Veículo|3 Comentários

3 Comentários

  1. Sander Rangel 28 de março de 2017 em 00:32 - Responder

    Boa noite.
    Tenho uma dúvida.
    Há 7 anos foi vendido um carro com o documento fechado com firma reconhecida, tudo certo.
    O comprador não transferiu o veículo, mas revendeu o carro.
    O atual proprietário foi efetuar a transferência, mas o despachante falou que devido ao tempo o recibo foi danificado e precisa tirar uma segunda via.
    A pergunta é:
    O novo vai ser preenchido com os dados do primeiro comprador e depois esse passará para ele, já está certo isso, mas a data terá que ser de 7 anos a trás ou pode ser atual, pois o reconhecimento de firma sairá com a data de hoje?
    Se puder me ajudar serei muito grato.
    Obrigado.

  2. roberto Melo 31 de julho de 2017 em 18:17 - Responder

    Olá Minha moto está com o financiamento atrasado a mais de 5 anos eu pagando os débitos pendentes multa , Ipva e licenciamento atrasado eu consigo transferir

    • Despachante.com Despachante.com 1 de agosto de 2017 em 11:29 - Responder

      Roberto,
      Você precisa verificar com a financeira se é possível transferir a dívida do financiamento e o financiamento.
      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

Deixar Um Comentário