Transferência de veículo

Confira os documentos necessários para transferência de veículos

A compra de um veículo é, na maioria das vezes, um momento de muita satisfação e entusiasmo. Porém, em especial para quem adquire um carro seminovo, logo após a escolha, começa o processo, um tanto quanto burocrático, de passar o veículo para o nome do novo proprietário.

A chamada “Transferência de Propriedade de Veículo” é necessária para a atualização do cadastro na Base de Dados do Detran e no Registro Nacional de Veículos Automotores (RENAVAM), que é um grande banco de dados com o registro de toda a “vida” do carro, desde seu “nascimento” (quando o fabricante registra os dados originais), passando por todas as alterações registradas, como troca de propriedade, mudança de estado, de características, até a sua “morte”, quando o veículo sai de circulação.

ASSISTA COMO FAZER E O PASSO-A-PASSO DE UMA TRANSFERÊNCIA DE VEÍCULO NO VÍDEO ABAIXO

Saiba o passo a posso de como fazer a transferência de seu veículo, sem complicação.

A transferência mais simples é a realizada dentro de um mesmo município, ou seja, quando o endereço do comprador e do vendedor estão localizados na mesma cidade. No caso de São Paulo, por exemplo, para obter o Certificado de Registro de Veículo (CRV) em nome do novo proprietário, é necessário apresentar ao Detran ou à unidade de trânsito (clique aqui para ver endereços) os seguintes documentos:

  • Original e cópia da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) ou de algum documento pessoal com foto (RG,Reservista);
  • Original e cópia do Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) no novo proprietário do veículo;
  • Original e cópia do comprovante de endereço;
  • Original e cópia do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV);
  • Original do Certificado de Registro de Veículo (CRV) do proprietário anterior, preenchido em nome do comprador e firma reconhecida;
  • Original e cópia do comprovante de pagamento da Taxa de Emissão do novo CRV – pagável com antecedência em agências bancárias – e comprovante de quitação de eventuais débitos, como IPVA, licenciamento e multas (para conferir se há alguma pendência, o motorista deve procurar, com antecedência, uma unidade de trânsito do Detran).
  • Decalque legível do chassi e do motor;
  • Formulário RENAVAM preenchido em duas (2) vias. Para preencher, clique aqui.
  • Para a transferência de propriedade de veículo entre municípios do Estado de São Paulo ou até mesmo de outro estado para o estado de São Paulo, os documentos exigidos são os mesmos, mudando apenas os procedimentos a serem tomados como o pagamento da taxa de emplacamento e lacração e a troca da placa em uma unidade do Detran.

 
 

Qual o valor da transferência de veículos?

 
Faça um orçamento
 
Os proprietários que estão na cidade de São Paulo e queiram transferir seus veículos, mas não querem realizar, pessoalmente, todos os procedimentos, podem usufruir dos serviços do site Despachante.com. Neste caso, os motoristas paulistanos que queiram comprar um carro com placas do município de São Paulo precisam sair de casa apenas para a assinatura e o reconhecimento de firma, em cartório, do documento de compra e venda. Todo o restante do processo para transferência de veículo  é realizado a qualquer hora, de qualquer lugar, em qualquer dia da semana.

Com os documentos em mãos, um portador da empresa fica responsável pela retirada e devolução do material. O prazo máximo para a conclusão dos serviços é de três dias úteis.

Faça um orçamento e veja todos os valores para a transferência de veículos

Em breve os serviços serão ampliados para outras cidades do País. Neste caso, haverá a necessidade de apenas mais um processo a ser realizado pelo proprietário além do reconhecimento do documento de compra e venda: fazer a vistoria do veículo. Os demais procedimentos continuarão a ser feitos pelo Despachante.com.

Transferência de veículo
Todo o processo para fazer a transferência de veículo
Transferência de veículo
5 / 5 estrelas

linha linha

Tem alguma dúvida? Deixe seu comentário.

Você também pode gostar de:

678 respostas para “Confira os documentos necessários para transferência de veículos”

  1. felipe disse:

    tem uma pessoa que ta passandoo o financiamento de uma moto
    gostaria de saber se eu consigo tranferi ela p meu nome oque eh preciso??

  2. Daniela disse:

    Olá,

    Tenho um carro licenciado em são Paulo, mas estou vendendo ele na Bahia, existe algum tramite que deve ser feito nesse caso, ou procedimento normal?

    Desde já agradeço a atenção.

    Att.
    Daniela.

  3. PERDI MINHA HABILITAÇÃO, E PRECISAVA FAZER A TRANSFERÊNCIA DE UM CARRO PRO MEU NOME, EU CONSIGO MESMO ASSIM?

  4. marta correia disse:

    boa tarde comprei um carro da cidade de maua e moro em guarulhos gostaria de saber se para a transferencia é necessario o decalque do chassi e do motor.

    obrigada.

    • Mariana Buccieri disse:

      Marta,

      Sim, para realizar qualquer transferência de veículo é obrigatório o decalque do chassi e motor do veículo.

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

  5. Elias disse:

    Tem como transferir moto batida eu bati minha moto e to querendo vender…

    • Mariana Buccieri disse:

      Elias,

      Sim, há possibilidade de você vender a sua moto batida, porém, todo em toda transferência, é necessário fazer vistoria e, por isso, você deve analisar se a batida não afetou alguma parte importante de sua moto.

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

  6. walter disse:

    ola, preciso transferir uma moto que comprei,para o meu nome,a placa dela e de Diadema, pergunto se posso fazer a transferencia, e deixar a placa de diadema mesmo….pra fugir do controlar, ou se caso for obrigado a transferir pra S.Paulo,tenho que fazer o controlar ?ou só no proximo licenciamento???

    • Mariana Despachante.com disse:

      Walter,

      Se você tiver algum comprovante de residência que seja uma conta válida pelos últimos três meses como água, luz, telefone, gás ou IPTU no município de Diadema, consegue permanecer na cidade. Caso contrário, não será possível e você terá que transferir para São Paulo.

      Se não fez a inspeção em 2013 ainda, você terá que agendar a inspeção para conseguir regularizar a transferência. Mas, se já tiver feito neste ano, você só terá que fazer novamente quando for licenciar em 2014.

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

  7. Adnan Negro disse:

    Por favor comprei um carro em campinas e moro em jundiai sp. Já fui no banco do brasil e paguei as taxas pelo n° renavan do carro inclusive o licenciamento. Agora para fazer a vistoria onde preciso ir? Pode ser em uma destas vistorias particulares? E para transferir a placa? Desde já agradeço que Deus lhes abencoe;

    • Mariana Despachante.com disse:

      Adnan,

      A vistoria deve ser realizada na cidade onde você está transferindo o seu veículo em um local que seja autorizado pela Ciretran da cidade. Procure um despachante para realizar essa transferência que ele indicará qual o local autorizado e fará a também a transferência de placa.

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

  8. Adam disse:

    Boa tarde!

    Estou vendendo um carro que tem uma dívida alta no banco pois comprei em meu nome para um terceiro que além de não pagá-la, fez mal uso do veículo. Vendi para o comprador pelo preço de quitação da dívida, mas o carro tem alguns documentos atrasados (IPVA, seguro, multas) que devem ser pagos também.

    Gostaria que me instruísse a ordem em que devo proceder a transferência do documento do veículo. Pergunto pois o comprador me pediu que fizesse a transferência para que ele então desse entrada no financiamento que vai solicitar para me pagar, mas desconfio que essa manobra seja um tanto quanto arriscada pois posso ficar sem o documento e com a dívida.

    Desde já agradeço a atenção e ajuda!

    • Mariana Despachante.com disse:

      Adam,

      Basta que o comprador entre em contato com a financeira em que o veículo será financiado e pedir para pagar o restante da dívida que completa o valor para somente depois, com o valor liberado e na sua conta, realizar a transferência, que pode ser feita com o Despachante.com. Receba primeiro o valor para transferir o documento para que não haja prejuízos.

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

  9. yorran disse:

    Eu como pessoa física gostaria de saber se tem como botar uma moto no meu nome sendo que não tenho carteira nem 18 anos meu pai queria comprar me botar no meu nome posso fazer isso ?

    • Mariana Despachante.com disse:

      Yorran,

      Se você já possuir um CPF, mesmo sendo menor de idade, pode comprar a moto tranquilamente, lembrando que, você será responsável por quaisquer eventualidade civil, criminal e judicial da moto. Ao completar 18 anos, todas as infrações de trânsito e pontuações estarão registradas em seu CPF, podendo barrar a obtenção da CNH.

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com.

  10. Marcos disse:

    Boa tarde. Comprei um veículo recentemente e preciso realizar a transferência. Porém, não possuo um comprovante de residência em meu nome. Qual o procedimento a ser feito? O DETRAN aceita uma declaração de residência? Obrigado.

    • Mariana Despachante.com disse:

      Marcos,

      Para fazer uma transferência, o DETRAN aceita uma declaração de residência, onde a pessoa que é dona da casa comprove que você mora com ela ou que você é seu inquilino, assinado e reconhecido firma por autenticidade.

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

  11. roberto disse:

    vendi uma moto e o comprador naum me pagou as duas ultima parcelas do cheque o xxxxx cancelo o cheque de 1000 reais cada sendo dois posso broquear o documeno pra que ele naum possa licenciar sem minha permiçao e como posso fazer pra que naum chega multa pro meu nome sendo que ele fico com o recibo de compra e venda em branco tem como eu levar os dados dele la no sidtran e e passar uma informaçao onde tudo que vir saira ja pra ele abrigado ja no momento

    • Mariana Despachante.com disse:

      Roberto,

      Você deve ir na delegacia de polícia e realizar um boletim de ocorrência de estelionato, para que assim, você tenha como comprovar no DETRAN que essas multas não são suas. O atual proprietário está cometendo um crime.

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

  12. johnnes disse:

    Comprei um veiculo ano 90 de são paulo capital e quero transferir para guarulhos mas o mesmo não está com o motor cadastrado tem como transferir sem cadastrar ? o proprietario anterior fez uma transferencia e não cadastrou o mesmo e eu não sei a procedência para assinar o tal termo de responsabilidade do motor agora fiquei preocupado, um despachante me disse que em SP não precisa, como proceder. Obrigado

    • Mariana Despachante.com disse:

      Johnnes,

      Você tem que verificar em Guarulhos os procedimentos para essa regularização, mas, essa possibilidade existe. Para saber a procedência do motor, você precisa fazer o decalque e verificar se há irregularidades.

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

  13. Carlos Adriano de Souza disse:

    A delegacia Civil me intimou a apresentar minha moto e prestar esclarecimentos (por eu ter emprestado para uma pessoa que foi investigada). Porém, a moto tem os documentos atrasados. Se eu levar, ela pode ser apreendida? E se eu pagar os atrasados e levar só o comprovante do banco (o documento atualizado só chegaria em 5 dias úteis.

    agradeço

    • Mariana Despachante.com disse:

      Carlos,

      Quais são os documentos atrasados? É o licenciamento? Dependendo da sua localização, o Despachante.com consegue diminuir o prazo de entrega desse documento para você regularizar a sua situação o quanto antes, pois, se for com a moto dessa forma, com certeza, ela será apreendida.

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

  14. franco disse:

    ola bom dia!! eu comprei um fusca precisava fazer a dupla transferecia dele, o detalhe e que rasgou o recibo. ja reconehcido firma e eu nao acho a pessoa que esta o nome no documento. so achei a pessoa que vai ser transferido, o que eu faco se nao achar ele??? muito obrigadoi desde ja. franco

    • Mariana Despachante.com disse:

      Franco,

      Não existe dupla transferência. O que você deve fazer, já que contém o documento mesmo rasgado, é solicitar uma segunda via do documento. Se você for de São Paulo, o Despachante.com fará esse trabalho para você, entre em contato conosco.

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

  15. joel antonio disse:

    Comprei uma moto em Guarulhos, e quero transferir para São Paulo, posso colocar no nome do meu filho que mora em Sao Paulo, pois o estou tirando habilitacao em Guarulhos, e nao posso colocar o mesmo endereço.?

  16. Diego disse:

    Vou comprar uma scooter 50cc, o documento da moto não é igual ao de uma moto comum? Como faça para fazer a mudança de propriedade?

  17. Amanda disse:

    Olá!
    Possuo um carro com o recibo preenchido para ser transferido no meu nome.
    Já se passaram mais de 30 dias e o carro possui comunicação de venda.
    Pretendo vender o carro para um terceira pessoa.
    Há alguma maneira de transferir o recibo direto para esta pessoa?
    Ou devo primeiro transferir para meu nome e depois para o nome da terceira pessoa?

    Obrigada

  18. felipe disse:

    Bom dia,
    Tenho uma moto 50cc está sem placa e o documento que tenho dela é o de entrada e saída, ao vende-la gostaria de transferi-la para o novo dono, qual é o procedimento? É possível transferir apenas neste documento e depois o novo dono manda emplacar ou é necessário primeiro emplacar e depois fazer os tramites?

    • Mariana Despachante.com disse:

      Felipe,

      Você deve transferir primeiro para o seu nome para, em seguida, transferir para o dele.
      O Despachante.com faz esse serviço para você, entre em contato com a Tatiana, através do e-mail tatiana@despachante.com

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

  19. Maurício Borges disse:

    Olá! Estou doando meu veículo à minha namorada (de pessoa física para pessoa física). O que devo preencher no campo “Valor” do CRV? É necessário Termo de Doação autenticado nesse caso? Obrigado

    • Mariana Despachante.com disse:

      Maurício,

      Para o DETRAN, você pode colocar o valor da tabela Fipe. Para efeito de imposto de renda, você pode fazer uma doação para sua namorada e, para essa doação, é necessário fazer no cartório um termo de doação.

      Obrigada,
      Equipe Despachante.com

  20. rosemeire aparecida thimoteo disse:

    Tem problema se não couber o número do CEP no documento de transferência, preenchido a mão?

Deixe uma resposta