Como Fazer Transferência de Moto — Passo a Passo

Vai trocar a sua motocicleta por uma seminova ou usada? Para que isso seja feito da melhor maneira, na legalidade, é necessário atender todas as necessidades burocráticas que envolvem o procedimento. Para isso, é crucial conhecer todas as etapas de como fazer transferência de moto.

Quer mais detalhes sobre como resolver as questões envolvidas na venda do veículo? Confira este artigo!

Saiba como fazer transferência de moto

O código de trânsito brasileiro não permite que um veículo circule legalmente sem um proprietário registrado. A partir da data da venda, há 30 dias corridos para regularizar a documentação. Caso o prazo seja ultrapassado será aplicada multa de averbação e 5 pontos na CNH. Veja agora como fazer transferência de moto para o próximo dono:

  1. O vendedor deve preencher o CRV (Certificado de Registro do Veículo) com todos os dados do comprador, ambos devem assinar com firmas reconhecidas em cartório por autenticidade e uma cópia autenticada deve ser tirada por precaução;
  2. verificar se consta impedimentos (restrições e bloqueios) e débitos. Todos os débitos devem ser quitados, inclusive o licenciamento, independente do prazo do calendário do licenciamento;
  3. pague a taxa de transferência (variável por estado. Em São Paulo, o valor é de R$197,89);
  4. além do CRV, separe os seguintes documentos do comprador:
  • CPF e RG ou CNH – Cópia e original;
  • cartão CNPJ e contrato social ou procuração — Caso o vendedor/comprador seja pessoa jurídica;
  • comprovante de endereço – Cópia e original;
  • comprovante original do pagamento da taxa de transferência e lacração (se houver troca de UF);
  • laudo de vistoria – ECV;
  • 2 cópias do formulário Renavam (uma via para o Detran, a segunda para protocolar a entrada no processo).

5. leve a motocicleta a uma empresa credenciada pelo Detran para realizar a vistoria. Deixe o laudo anexo aos documentos listados acima;

6. entregue os documentos no Detran ou Ciretran de sua cidade e aguarde a nova documentação.

Para evitar dor de cabeça na hora de transferir um veículo, poderá realizar o serviço com um despachante, como o Despachante.com, que permite que você faça isso sem sair de casa.

Comunicado de venda

Após o reconhecimento das firmas de vendedor e comprador no CRV, um comunicado a respeito da venda do veículo é emitido pelo cartório para a Secretaria da Fazenda e o Detran ou Ciretran em até 72 horas.

Isso significa que, ainda que demore mais dias (sem exceder o prazo) para que o comprador realize a transferência, todas as infrações e outros ocorridos serão de responsabilidade dele, e não mais do antigo proprietário.

Gostou das dicas de como fazer transferência de moto? Confira mais informações no blog do Despachante.com!

2018-08-02T20:48:00+00:00 agosto 3rd, 2018|Transferência de Veículo|0 Comentários

Deixar Um Comentário