As 3 Multas de Moto Mais Frequentes e Seus Respectivos Valores

Início » As 3 Multas de Moto Mais Frequentes e Seus Respectivos Valores

As 3 Multas de Moto Mais Frequentes e Seus Respectivos Valores

A frota de motocicletas cresce no Brasil a cada ano que passa. Segundo o Denatran, o Departamento Nacional de Trânsito, em 2016 já existiam quase 14 milhões de motos em circulação do país. Em 15 anos a frota quadruplicou de tamanho e observar irregularidades na conduta desse tipo de veículo é bastante comum. Pensando nisso decidimos listar as multas de moto mais frequentes no país.

As multas são divididas entre leves, com três pontos na carteira; médias, com quatro pontos; graves, com cinco pontos e gravíssimas, com 7 pontos ou até mesmo suspensão da carteira de motorista. Muitas delas são pouco conhecidas e podem até ser consideradas um hábito do condutor, mas também é por causa dessas infrações que os motociclistas são as maiores vítimas de acidentes de trânsito no Brasil.

Multas de moto mais frequentes

As três multas de moto mais frequentes são consideradas multas gravíssimas e são a razão de muitos acidentes. Infelizmente, nem os altos valores das multas aplicadas ou a ameaça de apreensão da CNH diminuem esse tipo de ocorrência, já que o número de infrações aumenta a cada ano.

Excesso de velocidade

O valor da multa por excesso de velocidade varia de acordo com a porcentagem do limite que foi excedido. Os valores são: R$ 130,16 para infrações de até 20% acima do limite (4 pontos na CNH), R$ 195,23 por até 50% acima do limite (5 pontos na CNH) e R$ 880,41 para quem passou de 50% (7 pontos e CNH suspensa).

Fazer manobras perigosas

A definição de realização de manobras perigosas está contida no Artigo 175 do Código de Trânsito: “Utilizar-se de veículo para demonstrar ou exibir manobra perigosa, mediante arrancada brusca, derrapagem ou frenagem com deslizamento ou arrastamento de pneus”. A infração é gravíssima e leva à suspensão da carteira de motorista. O valor da multa é de R$ 1915,40.

Furar o farol vermelho ou o sinal de parada obrigatória

Desrespeitar o farol vermelho e o sinal de parada obrigatória também é considerada uma infração gravíssima (7 pontos na carteira e R$ 191,54 de multa), mas não implica na suspensão da CNH. O farol amarelo, ao contrário do que diz o senso comum, não dá multa.

Precisa recorrer a alguma multa ou teve sua carteira suspensa? O Despachante consegue te ajudar! Entre em contato conosco.

2018-06-13T17:57:12+00:00 junho 15th, 2018|Multa de trânsito|0 Comentários

Deixar Um Comentário