Quanto o seu carro polui?

Por Mariana Buccieri

Existem veículos mais antigos que poluem mais o meio ambiente do que modelos mais novos. Você sabe o quanto o seu carro polui? Despachante.com preparou uma matéria especial para você descobrir a emissão de poluentes de seu veículo. Confira

Ao realizar a manutenção preventiva de seu automóvel, você está contribuindo não somente para sua segurança e bem-estar, mas também está reduzindo o nível de poluição que seu carro produz.

Cuidado com os poluentes nos carros/Google

Cuidado com os poluentes nos carros/Google


Por exemplo, um veículo com injeção eletrônica polui menos do que um com carburador. Os carros antigos que ainda possuem carburador costumam poluir até 10 vezes mais do que um veículo mais moderno, já com o sistema de injeção eletrônica. Mesmo assim, essa tecnologia merece atenção especial, pois se estiver desregulada, aumenta o consumo de combustível e, consequentemente, a poluição.
Antes de comprar o seu veículo, atente-se aos modelos e escolha uma opção mais sustentável. No site no Ibama, você pode consultar a marca, modelo e versão do carro que está pensando em adquirir para descobrir o quanto que ele polui.
Para o motorista que já possui o seu carro, vamos explicar abaixo algumas formas de analisar a emissão de poluentes. Veja:
Velas: tem que estar em bom estado. Verifique se está fazendo algum barulho e corra para o mecânico caso perceba que algo não funciona bem;
Filtro de ar do motor: verificar se está limpo, pois, em caso de sujeira, o filtro prejudica o bom funcionamento do motor, já que a quantidade de ar no sistema não será a ideal;
Combustível: já falamos sobre os cuidados do combustível adulterado anteriormente, mas é sempre válido ressaltar que abastecer com combustível de qualidade é importante para bom funcionamento de seu carro. Se o seu automóvel for a álcool, fique ligado no densímetro, um aparelho que fica instalado ao lado das bombas de combustível, apontando a qualidade do líquido nos postos. Para veículos que abastecem com gasolina, você deve sentir o cheiro ao abastecer, que representa boa qualidade. Se for forte, o combustível não é adulterado;
Catalisador: por ser responsável para evitar que uma quantidade excessiva de poluentes seja emitia, o catalisador é outro item que deve sempre passar por revisões. Ele faz parte do sistema de escapamento do carro e verificar se há algum furo ou se está com o miolo solto, chacoalhando a peça é de extrema importância;
Motor: é importante ficar antenado quando o motor já rodou muito, pois queima óleo junto com o combustível e gera fumaça. Se ela for branca, significa que está tudo ok com seu veiculo, agora, se for preta, é sinal que está queimando mais combustível do que o necessário, então, gerando mais poluentes;
Luzes no painel: se a luz da injeção eletrônica acender no painel do carro, fique atento porque existe algum problema. Vá ao mecânico o quanto antes para não poluir mais o meio ambiente e consumir mais combustível;
Pneus: deixe-os sempre calibrados para não correr riscos;
Peso: trafegar com carga máxima em cima do capô do carro, no porta-malas, pois, quando mais pesado o veículo estiver, maior será a resistência do ar quando estiver rodando e, também, mais combustível será queimado.
Gostou das nossas dicas? Então comente abaixo e compartilhe com seus amigos.
 

2013-10-04T10:20:04+00:00 outubro 4th, 2013|Dicas, Inspeção Veicular|0 Comentários

Deixar Um Comentário