Sinais de Trânsito que todo Motorista Precisa Conhecer

Os sinais de trânsito são, talvez, o primeiro ensinamento que todos temos a respeito de dirigir. Às vezes, até mesmo as crianças começam a interpretar as primeiras placas, muitas vezes com a ajuda dos próprios livros didáticos.

No entanto, mesmo com esse contato de tanto tempo com os sinais presentes nas ruas, nem sempre é possível conhecer todos, e alguns passam despercebidos. Até mesmo o excesso de confiança pode fazer com que haja deslizes na hora de interpretar as placas e faixas pintadas nas estradas.

Quais são os sinais de trânsito mais importantes?

É difícil dizer se existem, realmente, alguns sinais de trânsito que exijam mais atenção do que outros, mas é fato que há exemplos que são essenciais para que o motorista conduza bem.

Separamos alguns dos mais encontrados, que não podem ter sua interpretação feita de maneira errada e muito menos ser ignorados, pois podem gerar multas de trânsito. Veja:

Faixas nas estradas

Uma das características mais evidentes que diferencia as faixas presentes nas estradas é a cor:

Faixas amarelas

A cor amarela indica regulagem de fluxos em sentidos opostos, na maioria das vezes. Ela também pode ser usada em espaços nos quais é proibido estacionar ou para demarcar obstáculos nas vias. Pode ser vista das seguintes maneiras:

  • simples ou dupla contínuas: não permite ultrapassagem e deslocamentos laterais;
  • simples ou dupla tracejada: permite ultrapassagens e deslocamentos laterais
  • dupla metade contínua, metade tracejada: só permite ultrapassagem no sentido da faixa tracejada.

Faixas brancas

A cor branca indica fluxos de mesmo sentido e delimita trechos de estacionamento regulamentado. É possível encontrá-la:

  • contínua: não permite ultrapassagem e transposição de faixa;
  • tracejada: permite ultrapassagem e transposição.

Placas de trânsito

As placas constituem os tipos mais básicos de sinais de trânsito e devem ser um dos centros de atenção do motorista durante todo o trajeto.

As mais importantes são:

  • seta para a direita ou esquerda cobertas por faixa vermelha: proibido virar no sentido descrito;
  • seta em “u” invertido: retorno proibido pelo sentido apontado;
  • seta em “S” transpassando uma linha reta: proibido mudar de faixa no sentido da seta;
  • carro com linhas em “S” saindo pelas rodas traseiras: pista escorregadia;

Gostou de saber mais sobre os principais sinais de trânsito? Veja também como perder o medo de dirigir!

2018-04-23T20:08:59+00:00 abril 23rd, 2018|Educação no Trânsito|0 Comentários

Deixar Um Comentário