Alcoolemia: DETRAN cria junta exclusiva para casos de lei seca

Início » Alcoolemia: DETRAN cria junta exclusiva para casos de lei seca

Alcoolemia: DETRAN cria junta exclusiva para casos de lei seca

DETRAN SP pega cada vez mais pesado com motoristas flagrados na lei seca. Confira
O DETRAN criou, no último dia 22 de março, em portaria publicada no Diário Oficial do Estado, a segunda Junta Administrativa de Recursos de Infrações (JARI), que fará o julgamento de casos de motoristas que dirigem sob efeito de álcool ou qualquer outra substância psicoativa ou ainda, que se recusem a fazer o teste do bafômetro. A medida irá dobrar a capacidade de julgamentos de recursos de multa ou suspensão e cassação do direito de dirigir, pelos motoristas autuados na lei seca.
bafometro
A 1ª Jari de Alcoolemia e Substâncias Psicoativas criada em novembro passado, era responsável por todos os casos relacionados ao tema e, após a criação dessa nova Junta, o objetivo no DETRAN foi padronizar e acelerar os procedimentos em relação à lei seca.
Desde fevereiro, a Junta analisou 1.577 recursos, cerca de 400 casos mensais, número que vem crescendo cada vez mais. O intuito é penalizar os condutores irresponsáveis.
Lei Seca
O motorista que for flagrado sob efeito de álcool, drogas ou que se recursarem a fazer o teste do etilômetro (bafômetro), recebe multa de R$1.915,40 e respondem ao processo de suspensão de CNH pelo período de um ano.
Teve sua CNH SUSPENSA? Despachante.com RESOLVE para você! Clique aqui.
Além disso, o condutor pode responder por crime de trânsito se apresentar índice superior a 0,33 miligrama de álcool por litro de ar expelido ou tiver a embriaguez constatada em exame clínico. A pena é de seis meses a três anos de prisão.
Ligue para nós que resolvemos sua suspensão: 11 – 3027-6900

2016-03-28T09:02:10+00:00 março 28th, 2016|Educação no Trânsito|0 Comentários

Deixar Um Comentário