Descubra se É Seguro Comprar Carros de Leilão

Ao ver os preços atrativos dos veículos disponíveis para compra nos pregões, o comprador muitas vezes se pergunta se é seguro comprar carros de leilão. Parece vantajoso, afinal, o preço pode chegar a ser até 35% menore do que os praticados pelos vendedores de usados.

No entanto, existem condições específicas que podem fazer com que esse negócio seja uma verdadeira dor de cabeça. Quer saber mais sobre isso? Leia este artigo!

De onde vêm os carros ofertados em leilões?

Existem algumas origens principais para os veículos à venda neste tipo de evento. A maioria envolve, realmente, aqueles que não são mais convenientes para a empresa que faz a concessão.

Uma seguradora, por exemplo, pode entregar ao leilão um veículo sinistrado que não lhe é de interesse e só ocupa espaço. O Detran, por sua vez, oferece aqueles que estão há tempos no pátio e não foram retirados pelos proprietários, enquanto os bancos entram com uma parcela dos veículos que não tiveram seu financiamento pago e passaram por busca e apreensão.

Afinal, é seguro comprar carros de leilão?

É difícil concluir, mas a melhor resposta para isso é: depende.

Um dos principais problemas é que não é possível dirigir o veículo pelo qual o comprador está interessado, ou seja, a análise é somente visual. Pode-se abrir o capô e verificar o motor, por exemplo, mas nada de sair para um “test-drive”, que seria importante para descobrir possíveis defeitos no veículo.

Isso pode fazer com que uma negociação que agora parece ótima pelo preço, logo torne-se um pesadelo devido aos futuros consertos e gastos com manutenção e troca de peças. Isso sem falar na segurança, que não é nada garantida.
No entanto, existem maneiras de, mesmo sem saber a procedência do veículo ali exposto, tentar saber quais são as melhores opções, principalmente na hora da análise, realizada no pátio alguns dias antes do evento:

  • leve um mecânico de confiança com você para realizar as avaliações;
  • foque no chassi, freios, lataria, pneus (e estepe), vidros, pintura e equipamentos internos;
  • anote os dados durante a análise, pois no dia do leilão pode não ser possível ver o veículo;
  • existem lotes com débitos (IPVA, DPVAT, multas) a pagar. Atente-se aos valores;
    antes de arrematar, estude os valores e veja se aquela é realmente uma opção vantajosa. Sempre retire do valor do lance um ou dois mil reais para possíveis pagamentos extras.

Tomando certos cuidados é seguro comprar carros de leilão!

Gostou das dicas? Mais artigos como este você encontra no blog do Despachante!

2018-12-19T13:46:27+00:00 dezembro 19th, 2018|Comprar Carro|0 Comentários

Deixar Um Comentário